Reconhecimento da Dor e Analgesia em Ruminantes

Sempre nos perguntamos “por que é tão difícil reconhecer dor em ruminantes?”. A resposta mais comum é ouvirmos que esses animais “são mais resistentes à dor”. Porém, infelizmente isso é propagado devido à falta de habilidade no reconhecimento da dor nesses animais, somado às barreiras culturais e econômicas que cercam esse assunto. Neste curso você irá aprender sobre como reconhecer dor em ruminantes e os principais tratamentos analgésicos em bovinos, caprinos e ovinos. Abordamos quais parâmetros fisiológicos podem ser relacionados à dor, escalas de claudicação e as principais escalas na atualidade, voltadas para o comportamento do animal e expressões faciais. Também abordamos os principais medicamentos utilizados para analgesia em ruminantes, passando pelos anestésicos locais, anti-inflamatórios não esteroides, opioides, agonistas alfa-2 adrenérgicos, dentre outros. Ao final, chegaremos à resposta se “realmente é difícil reconhecer e tratar dor em ruminantes”.

Classificação do Curso pelo feedback dos Vetnários
5/5

Certificado com carga horária de 2 horas

Adriano Bonfim Carregaro

Médico Veterinário formado pela Unesp – Jaboticabal, com Residência pela Unesp – Botucatu, Mestrado pela Unesp – Jaboticabal e Doutorado pela Unesp – Botucatu. É pós-doutor em Anestesiologia Veterinária, pela University of Nottingham, Reino Unido. É Especialista em Anestesiologia Veterinária pelo Colégio Brasileiro de Anestesiologia Veterinária e co-autor do livro “Anestesia em Equídeos, Ruminantes e Suínos“. Atualmente é professor de Anestesiologia Veterinária da Universidade de São Paulo, campus de Pirassununga.

Seu Estado
Não Inscrito
Preço
R$ 39,90
Comece Agora